Home / Fundações e Geotecnia / Tipos de Estacas para fundação

Tipos de Estacas para fundação

Neste artigo, iremos descrever alguns dos tipos de estacas mais comuns quando se fala em fundações. É importante lembrar que com certa frequência são introduzidos no mercado novos tipos de estacas e se caso eu não atualize a tempo, por favor escreva nos comentários sobre o que deseja ver por aqui.

Vimos no post sobre Noções básicas de Fundações, o que são elementos de fundação, pra que servem e quais são os seus tipos. Um dos assuntos citados no artigo foram as estacas, que são um dos tipos de fundação profunda.

 

O que são estacas de fundação

As estacas são elementos de fundação profunda executadas por equipamentos e ferramentas, podendo serem cravadas ou perfuradas, caracterizadas por grandes comprimentos e seções transversais pequenas. As estacas podem ser feitas de madeira, aço, concreto pré moldado, concreto moldado in situ ou mistos.

 

Tipos de estacas

Podem ser divididas quanto ao material (madeira,aço, concreto ou mista) e por categoria (estacas pré moldadas, estacas moldadas in loco e estacas mistas).

 

Características, vantagens e desvantagens das estacas

 

Estacas pré moldadas

  • Estacas de madeira: São utilizadas abaixo do nível d’água. O topo da estaca de madeira deve ter diâmetro maior do que 25 cm e devem ser protegidos para não sofrerem danos durante a cravação. Já a ponta da estaca de madeira deve ter diâmetro maior do que 15 cm e devem ser protegidas com ponteira de aço quando for necessário penetrar camadas resistentes do solo.  A cravação é geralmente executada com martelo de queda livre.
      • Vantagens: As estacas de madeira podem ser facilmente emendadas e tem duração prolongada quando utilizadas abaixo do nível d’água.
      • Desvantagens: Este tipo de estaca, por ser de madeira, é mais difícil de se encontrar e  não podem ser utilizadas acima do NA por sofrerem ataque de microorganismos.
  • Estacas metálicas: São constituídas de perfis laminados ou soldados, tubos de chapas dobradas (seção circular, quadrada ou retangular) e trilhos. As estacas de aço devem resistir à corrosão pela própria natureza do aço ou por tratamento adequado porém dispensam tratamento se estiverem inteiramente enterradas em terreno natural.
      • Vantagens: As estacas metálicas são facilmente emendadas, têm elevada resistência à tração e compressão, não fissuram, não trincam e não quebram e possui pouca vibração durante sua cravação.
      • Desvantagens: Alto custo se comparadas as estacas pré moldadas, estacas Franki e estacas Strauss e poucos fornecedores.
  • Estacas pré-moldadas de concreto:  Podem ser de concreto armado ou protendido e concretadas em formas horizontais ou verticais. São cravadas no solo através de bate estacas.
      • Vantagens: As estacas pré moldadas de concreto têm boa capacidade de carga e boa resistência de esforços de flexão e cisalhamento. Além disso, por serem produzidas em fábricas apropriadas tem uma boa qualidade do concreto e é controlada e fiscalizada por laboratórios
      • Desvantagens: Por serem de concreto armado ou protendido, têm alto peso próprio limitando as seções e comprimentos em função do transporte e cortes e emendas são de difíceis execuções.
  • Estacas mega: São elementos de concreto pré-moldado que são cravados por prensagem através de macaco hidráulico. São utilizados como reforços de fundações ou substituições de fundações já existentes, usando como reação a própria estrutura.
      • Vantagens: São indicadas para recuperação de patologias sem o uso de demolições.
      • Desvantagens: Tem alto custo e longo tempo de cravação.

 

Estacas de concreto moldadas in loco

Como o próprio nome já diz, são estacas que são produzidas no mesmo local em que serão aplicadas. São executadas enchendo-se de concreto, perfurações previamente executadas no terreno, através de escavações ou cravações. Podem ser: Estacas tipo broca, Estacas tipo Franki, Estacas tipo Strauss, Estacas Hélice Contínua, Estacas tipo Raiz.

Execução de Estacas Tipo Strauss

Execução de Estaca Tipo Strauss

 

CONCLUSÃO

A escolha do tipo de estaca de fundação a ser utilizada em um projeto é aquela que irá suportar as cargas a serem recebidas da estrutura respeitando os quesitos de segurança e fatores econômicos. Outros fatores como topográficos, o tipo do solo que será aplicada e técnicos também influenciam na escolha do melhor tipo de estaca a ser utilizada assim como a preocupação com as edificações vizinhas.

Para você, qual o melhor tipo de estaca disponível no mercado?

 

 

 

Fontes

NBR 6122/1996 – Projeto e execução de fundações

ALONSO; Urbano Rodriguez. EXERCÍCIOS DE FUNDAÇÕES. Ed. Edgar Blüncher Ltda

CONSTANCIO, D. Fundações. Americana, 2004. (Apostila)

FABRÍCIO, M; ROSSIGNOLO, J. Tecnologia das Construções II. (Apostila)

About Caio Pereira

Jovem estudante que busca adquirir o máximo de experiências de aprendizado possíveis. Busca estudar e se aprofundar nos diversos ramos da Engenharia Civil através da publicação de artigos.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Ir para Topo